Heineken compra Brasil Kirin e abocanha cerca de 19% do mercado cervejeiro

Empresa holandesa tem unidade de produção instalada em Araraquara

    • ACidadeON/Araraquara
    • Da reportagem

A cervejaria Heineken anunciou a compra da Brasil Kirin, braço da japonesa Kirin, atualmente fabricante de marcas como Kaiser, Devassa, Baden Baden, Eisenbahn. O negócio pode chegar a US$ 1,09 bilhão (R$ 2,2 bilhões).

A compra deve tornar a marca holandesa a segunda maior cervejaria do Brasil com quase 19% de participação do mercado nacional. A estratégia faz parte do plano de ampliação da presença da companhia no país.

Em 2010 a Heineken comprou cinco cervejarias em acordo firmado com a FEMSA. O fortalecimento da marca deve acirrar o mercado cervejeiro do país, atualmente dominado pela AB InBev.

A Heineken tem uma unidade de produção em Araraquara. A empresa não divulgou como e se a transação bilionária vai afetar as atuais instalações da indústria. O negócio deve ser fechado até o fim do primeiro semestre de 2017.
 


0 Comentário(s)

Seja o primeiro a comentar.